Libra Terminais e Multiterminais inauguram novos portêineres no Porto do Rio

| Da redação
A Libra Terminais Rio, empresa do Grupo Libra, e a MultiRio, empresa do Grupo Multiterminais, dois dos maiores operadores portuários e de logística de comércio exterior do País, realizaram na manhã desta quarta-feira (14), no Porto do Rio, uma solenidade conjunta para batizar seus mais novos equipamentos. Trata-se de investimentos superiores a R$ 70 milhões em quatro portêineres – máquinas responsáveis por embarcar e desembarcar contêineres nos navios de carga – e 10 RTGs (Rubber Tyred Gantry) que movimentam e armazenam os contêineres no pátio do terminal da chinesa ZPMC que chegaram recentemente ao Porto do Rio.
 
No total, foram adquiridos quatro novos portêineres, dois pela Libra Terminais e dois pela Multiterminais, que fazem parte do projeto de expansão do Porto do Rio de Janeiro, autorizado pela ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), e visa adequar a atual infraestrutura dos terminais para atender as tendências e exigências do comércio exterior. Cada terminal será modificado de 540 para 800m com dois berços de 400m, já prevendo a atracação de navios de nove mil TEUs em um futuro próximo.

O atual cenário de aquecimento da economia interna e o aumento dos fluxos oriundos do comércio exterior impulsionam as empresas a investir cerca de R$1 bi na dinamização e eficiência do Porto do Rio de Janeiro, para aumentar a capacidade operacional, reduzir custos e racionalizar métodos. 

Os quatro novos portêineres dos terminais do Rio de Janeiro são do tipo STS (ship-to-shore crane) e apresentam o sistema Tandem “Single-Hoist”, que lhes permite movimentar simultaneamente dois contêineres de 40 pés ou quatro de 20. Com capacidade para 65 toneladas, alcance 51.5/19 rows (19ª fileira do navio), conseguem içar cargas que estão a 126 metros de altura (o topo de um edifício de 32 andares). Tais equipamentos vão ajudar as companhias a aumentarem a quantidade de movimentos por hora, melhorando a eficiência dos terminais em 20%.

“A Libra Terminais foi a primeira operadora do Brasil a receber este equipamento, que permite uma grande agilização no processo de movimentação da carga”, afirma Wagner Biasoli, diretor presidente da Libra Terminais. “Além disso, esses portêineres proporcionam uma significativa redução de custos para clientes e armadores, já que diminui o tempo de permanência do navio no terminal. Esperamos que ele proporcione um ganho de produtividade da ordem de 15%”, diz Biasoli.

Além dos portêineres, a Libra Terminais Rio e a Multiterminais adquiriram um total de 10 RTGs (Rubber Tyred Gantry) que movimentam e armazenam os contêineres no pátio do terminal. Alinhados com o foco da Libra e da Multiterminais na sustentabilidade, esses RTGs possuem um sistema desenvolvido pela Siemens, inédito na América do Sul, e contam com soluções tecnológicas sustentáveis que reduzem toneladas de emissões de gases que agravam o efeito estufa.

Últimas notícias

19/12 - 18:42 Bovespa sobe 2,4% puxada por Vale e tem primeira alta semanal em um mês 19/12 - 18:38 Maioria dos adolescentes das comunidades pacificadas do Rio estuda 19/12 - 18:35 Toffoli faz balanço do TSE e diz que eleições tiveram resultado esperado 19/12 - 18:32 Ministro Teori Zavascki homologa delação premiada de Youssef 19/12 - 14:05 Temendo nova crise, União Europeia lança fundo para financiar investimentos 19/12 - 14:01 Rio recebe nova barca e quatro composições ferroviárias mais modernas 19/12 - 13:57 Empregos sem carteira caem 7,6% e por conta própria crescem 5,1% 19/12 - 13:55 Carga tributária recorde chega a 35,95% do PIB em 2013 18/12 - 19:03 Ibovespa reverte ganhos e fecha em queda com piora de Petrobras e bancos 18/12 - 19:01 Uerj antecipa recesso por falta de pagamento a terceirizados 18/12 - 18:58 Lewandowski defende mais mediação e conciliação para desafogar o Judiciário 18/12 - 18:56 São Paulo vai multar excesso de consumo de água em até 50% 18/12 - 18:54 CMN adia a definição sobre juros de financiamentos do BNDES 18/12 - 18:52 Brasil criou 8.381 empregos formais em novembro 18/12 - 13:15 Carrefour vende 10% de subsidiária brasileira a Abilio Diniz por R$1,8 bi 18/12 - 13:13 Cedae restaura prédio histórico que abrigará futura casa das águas 18/12 - 13:08 Agência Nacional de Águas orienta empresários de Jundiaí 18/12 - 13:06 Palestina apresenta proposta para desocupação da Cisjordânia até o fim de 2017

Edição Digital

Edição 19/12/14

© 2010 Copyright Diários Associados Todos os direitos reservados

O uso deste site está sujeito aos termos de uso. Ao continuar usando esta página, você concorda em cumprir com estes termos.