Após 21 anos, Brasil reinaugura embaixada no Iraque

| Agência Brasil
Brasília – Depois de 21 anos, o Brasil terá representação diplomática em Bagdá, no Iraque. A partir deste mês a Embaixada do Brasil no Iraque passará a funcionar de forma plena, segundo diplomatas que estão nesta missão. O embaixador Anuar Nahes assumiu o posto em janeiro, mas se mudou para o país no começo deste mês. O setor consular já está funcionando na representação em Bagdá.

Ainda não há dados precisos sobre o número de brasileiros no país, mas esse levantamento está sendo feito pelo governo. A reabertura de uma embaixada inclui desde a organização da estrutura física da representação à definição de tarefas dos setores específicos, além das questões burocráticas, há as jurídicas, políticas, econômicas e comerciais.

Uma das primeiras tarefas da embaixada é organizar uma reunião entre os integrantes da Comissão Mista Brasil e Iraque. Desde 2006, os assuntos diplomáticos referentes ao Iraque são conduzidos por um escritório em Amã, na Jordânia.

Nesta semana, funcionários locais e do Ministério das Relações Exteriores concluem a tarefa de preparar documentos e mobílias para a transferência a Bagdá.

A reabertura de uma embaixada no Iraque ocorre no momento em que o país vive sob clima de tensão. Nas últimas horas, vários carros-bomba explodiram em algumas cidades iraquianas provocando mais de 30 mortes e deixando pelo menos 100 feridos. A comunidade internacional tenta apoiar a busca pela estabilização política, econômica e social da região.

Em novembro do ano passado, o Itamaraty confirmou a reabertura da embaixada no Iraque. Em 1991, a representação foi fechada devido aos conflitos que colocavam em risco a permanência dos profissionais no país.

Últimas notícias

17/10 - 10:50 TSE suspende trecho de propaganda de Dilma 17/10 - 10:48 Incêndios no país em outubro dobram em relação ao mesmo mês de 2013 17/10 - 10:43 IPC-S cai em cinco capitais na segunda semana de outubro 17/10 - 10:39 Saúde libera R$ 12 milhões para municípios intensificarem atenção à desnutrição 17/10 - 10:32 Fundo das Nações Unidas só tem US$ 100 mil para combater ebola 17/10 - 10:27 Alimentos mantém pressão sobre inflação em São Paulo 17/10 - 10:24 Entidades pedem fim de concessão de meios de comunicação a políticos com mandato 17/10 - 10:18 Convenção do Sistema Unimed debate impacto dos custos de órteses, próteses e materiais especiais 16/10 - 17:58 No Rio, Campanha Outubro Rosa arrecada cabelo para confecção de peruca 16/10 - 17:52 Bovespa cai 3% com aversão a risco e quase zera ganhos do mês 16/10 - 16:55 Novelis fecha fábrica de alumínio primário em Ouro Preto (MG) até fim do ano 16/10 - 16:22 Governador sobrevoa área atingida por incêndio na região serrana do Rio 16/10 - 15:44 Aeroporto de Madri ativa protocolo de emergência após suspeita de ebola 16/10 - 15:38 Índice de Atividade Econômica cresce 0,27% em agosto 16/10 - 15:33 Governo divulga regras para leilão de energia previsto para dezembro 16/10 - 15:26 Nível do Cantareira cai a 4,1%; primeira cota do volume morto dura até novembro 15/10 - 19:16 Bovespa recua 3,24% com aversão a risco global e realização de lucro 15/10 - 19:10 MRV tem alta em vendas e lançamentos no 3º tri, vê resiliência em baixa renda

Edição Digital

Edição 17/10/14

© 2010 Copyright Diários Associados Todos os direitos reservados

O uso deste site está sujeito aos termos de uso. Ao continuar usando esta página, você concorda em cumprir com estes termos.