Brasil vai cobrar explicações de autoridades da Austrália sobre morte de brasileiro

| Agência Brasil
Brasília – O governo do Brasil se prepara para cobrar das autoridades da Austrália explicações sobre as circunstâncias que provocaram a morte do estudante brasileiro Roberto Laudisio Curti, de 21 anos, anteontem (18). Informações preliminares indicam que Curti foi atingido por uma série de disparos de armas elétricas usadas por policiais. O brasileiro foi morto durante perseguição policial em Sydney, a cidade mais populosa do país.

As autoridades brasileiras querem esclarecer em detalhes as circunstâncias que levaram o jovem à morte. As primeiras informações são que Curti foi perseguido por policiais que desconfiaram que ele havia furtado biscoitos de uma loja de conveniência. Curti foi detido com armas elétricas e gás de pimenta.

O cônsul-geral do Brasil na Austrália, Américo Fontenelle, acompanha pessoalmente as investigações e a assistência prestada à família de Curti, segundo o Ministério das Relações Exteriores. 

Em 2005, o mineiro Jean Charles de Menezes, de 27 anos, foi morto por policiais em Londres , na Grã-Bretanha, ao ser confundido com um suspeito terrorista em um trem do metrô da capital britânica. A morte dele ocorreu depois de uma série de atentados ao sistema de transporte público de Londres.

Curti morava em Sydney há menos de um ano e foi para a Austrália estudar inglês. O jovem dividia a moradia com amigos, mas tinha uma irmã vivendo na cidade e casada com australiano. Desde domingo (18), o Itamaraty, a Embaixada do Brasil na Austrália e o consulado em Sydney estão em contato com a família do estudante.

Últimas notícias

17/09 - 17:59 Incerteza em torno das eleições pode afetar crescimento, diz economista 17/09 - 17:58 Obama nega uso de forças militares em combates terrestres contra Estado Islâmico 17/09 - 12:34 IGP-10 tem inflação de 0,31% em setembro 17/09 - 12:32 Setor de supermercados deve crescer 1,9% em 2014 17/09 - 12:31 Incêndio atinge depósito de carros apreendidos em ações da Polícia Civil 17/09 - 09:19 ONU pede U$ 1 bi para combater ebola e Obama quer ação rápida para conter doença 17/09 - 09:17 Dilma tem 36% das intenções de voto; Marina, 30% e Aécio, 19% em pesquisa Ibope 17/09 - 09:16 Governo revoga decisão sobre leilão de usina hidrelétrica no Rio Tapajós 16/09 - 19:02 Pirataria e contrabando causam prejuízo de R$ 30 bilhões para a indústria 16/09 - 19:01 Volume do Cantareira continua em queda e chega a 8,9% 16/09 - 19:00 Rio 2016 divulga os preços dos ingressos para os Jogos Olímpicos 16/09 - 18:56 Ibovespa encerra pregão com alta de 2,01% 16/09 - 15:08 Major da PM investigado por corrupção se entrega à polícia 16/09 - 15:07 Após reintegração de posse, tensão em São Paulo começa a ser controlada 16/09 - 15:06 Brasil tem 3,4 milhões de pessoas que não comem o suficiente, diz FAO 16/09 - 09:31 Policiais e sem-teto entram em confronto durante reintegração de posse 16/09 - 09:29 Iraque: Estados Unidos fazem primeiro ataque ao Estado Islâmico 16/09 - 09:26 Discriminação sofrida pelos negros no Brasil precisa ser combatida, diz ONU

Edição Digital

Edição 17/09/14

© 2010 Copyright Diários Associados Todos os direitos reservados

O uso deste site está sujeito aos termos de uso. Ao continuar usando esta página, você concorda em cumprir com estes termos.