Entrada de dólares em 21 dias de março ultrapassa os US$ 6 bilhões

| Agência Brasil
Brasília – A entrada de dólares no País superou a saída em US$ 6,056 bilhões em março, até o último dia 21. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (23) pelo chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Túlio Maciel.

Houve uma entrada líquida de US$ 4,808 bilhões com o fluxo comercial (operações relacionadas a exportações e importações) e de US$ 1,249 bilhão no segmento financeiro (investimentos em títulos e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações).


As intervenções do BC no mercado de câmbio totalizaram US$ 1,214 bilhão no mercado à vista e US$ 7,005 bilhões nas operações a termo (termos do acordo pré-definidos).

Hoje, o BC divulgou que o déficit em transações correntes do Brasil, um dos principais indicadores das contas externas, ficou em US$ 1,766 bilhão em fevereiro. Foram feitas também novas projeções para o setor externo. A expectativa é que o déficit em conta-corrente fique em US$ 68 bilhões e não mais em US$ 65 bilhões como anunciado anteriormente pela autoridade monetária.

Caiu ainda a projeção para o saldo da balança comercial, de US$ 23 bilhões para US$ 21 bilhões. No caso dos serviços, houve uma revisão. O déficit passou de US$ 39,5 bilhões para US$ 42,1 bilhões. Ainda em serviços, a previsão de déficit em viagens internacionais aumentou de US$ 14,5 bilhões para US$ 15,5 bilhões e o gasto com transportes passou de US$ 8,4 bilhões para US$ 10 bilhões.

© 2010 Copyright Diários Associados Todos os direitos reservados

O uso deste site está sujeito aos termos de uso. Ao continuar usando esta página, você concorda em cumprir com estes termos.