Ministro argentino chega para reunião com Lobão e quer negociar mais investimentos da Petrobras

| Agência Brasil
Brasília - O ministro de Planejamento Federal, Investimento Público e Serviços da Argentina, Julio de Vido, está reunido neste momento com o ministro de Minas e Energia brasileiro, Edison Lobão, e com a presidenta da Petrobras, Graça Foster, na sede do ministério em Brasília. A reunião ocorre após a reestatização da petrolífera Argentina YPF e da decisão da província argentina de Neuquén de cancelar a concessão de exploração de três campos de petróleo – entre eles, um da Petrobras. A província decidiu pelo cancelamento alegando que a produção e os investimentos eram insuficientes.

Ao chegar para a reunião, o ministro argentino contou que conversou hoje cedo com o governador da província, Jorge Sapag, e disse que “as negociações estão bem encaminhadas”, sem entrar em detalhes e sem dizer se a província irá rever o decreto.

Além desse assunto, Julio de Vido deve tratar do aumento de investimentos da Petrobras em conjunto com a YPF, segundo informou o próprio ministro ao chegar no local.

A Petrobras vinha diminuindo a presença no país vizinho e, no ano passado, vendeu a refinaria de San Lorenzo e parte da rede de postos de gasolina que mantinha no país.

© 2010 Copyright Diários Associados Todos os direitos reservados

O uso deste site está sujeito aos termos de uso. Ao continuar usando esta página, você concorda em cumprir com estes termos.